Low Carb Receitas funciona

Low Carb Receitas

 

*** DIETA CETOGÊNICA****

0

Low Carb Receitas

Maria Eduarda Gonçalves Ramona, Liziane Bertotti Crippaa*, Fernanda Pezzia*

 A orientação dietética constitui uma das principais formas de tratamento para a obesidade. Algumas dietas são chamadas “dietas da moda” por serem difundidas pela mídia e prometerem perda rápida e fácil de massa corporal. Com isso, atraem vários seguidores em busca de uma massa corporal adequada (NUNES et al., 1998). Dentre as dietas da moda, podemos citar a dieta cetogênica (DC), cuja composição consiste em uma dieta hipoglicídica, hiperproteica e hiperlipídica, ou seja, baixa ingestão de carboidratos, média a alta ingestão de proteínas e alta ingestão de gorduras. As dietas escassas em carboidratos e ricas em gorduras, especialmente saturadas em colesterol, são também ricas em proteínas animais e deficientes em vitaminas A, B6 e E, folato, cálcio, magnésio, ferro, potássio e fibras.

DIETA CETOGÊNICA E SUAS IMPLICAÇÕES NA PERFORMANCE A ciência moderna tem buscado determinar qual a dieta humana que permita manter um peso saudável, indicadores fisiológicos dentro dos parâmetros considerados normais, que proporcione bem-estar e, ainda, para os praticantes de exercícios físicos, uma dieta que consiga aprimorar o desempenho. Para atingir tais objetivos, as estratégias nutricionais devem fornecer estoques adequados de substratos visando atender às demandas do treinamento e também preservar as funções do Sistema Nervoso Central (THOMAS; ERDMAN; BURKE, 2016). Nos últimos anos, novas discussões sobre a dieta cetogênica surgem juntamente com a crescente divulgação das dietas com pouco carboidrato para perda de peso e tratamento das doenças crônicas não transmissíveis (CROSS et al., 2010; PAOLI et al., 2013; BARTLETT; HAWLEY; MORTON, 2015). A dieta cetogênica pode ser utilizada por atletas ou outros praticantes de atividades físicas que precisam manter uma baixa porcentagem de tecido adiposo corporal, pois permite a perda da gordura e a manutenção da estrutura muscular construída pelo treinamento. Além de não interferir na performance, os estudos demonstraram que a dieta pode produzir efeitos anti-inflamatórios e contribuir para a recuperação muscular.

A aplicação da dieta em praticantes de exercícios de resistência parece ter maior embasamento, pois o esforço muscular por tempo prolongado reduz drasticamente as reservas de glicogênio e há a necessidade de reposição de carboidratos durante a execução do esforço, o que pode ser um inconveniente.Revista Kinesis, Santa Maria v.36 n.1, 2018, jan – abr. p. 143 – 159.

Para aprender a fazer várias receitas low carb click aqui…ebook grátis-  https://go.hotmart.com/B9177988T

Summary
Review Date
Reviewed Item
Opinião dos Leitores
Author Rating
51star1star1star1star1star